9 tipos de negócios para abrir com pouco dinheiro

Você quer empreender, mas ao mesmo tempo, não tem dinheiro para investir? E mais: não sabe nem por onde começar? Calma! Ainda assim dá pra você tocar um negócio próprio. Comece com uma estrutura pequena, apostando em algo que você tenha afinidade.

Para ajudá-lo (a) a se planejar, no artigo de hoje trouxemos algumas ideias que demandam pouco dinheiro. E o principal: são menos complexas para gerir.

Revenda

Esse é o tipo negócio mais comum para empreendedores de primeira viagem. Se você tem afinidade com determinados tipos de produtos, ganhe dinheiro com isso! Compre e revenda-os com lucro. Aposte no segmento de roupas, um dos mais lucrativos.

Pequenos reparos e consertos

Serviços feitos em casa ou na residência do cliente não precisam de muitos investimentos. É só usar as habilidades que você tem para consertar as coisas. Vale eletrodomésticos, roupas, chuveiro, móveis, brinquedos, dentre outros.

Marketing

É um negócio que requer estudos. Entretanto, mesmo que você não tenha feito graduação ou outro curso na área da Comunicação ou Administração, ainda pode se especializar! A Rock Content, o Hubspot e a Coursera são algumas das empresas que podem te ajudar nessa.

Tudo o que você precisa para começar a trabalhar com marketing é um computador e um celular. E, claro, definir qual vai ser a sua atuação na área. O marketing digital com serviço de gestão de redes sociais, redação de blogs e trabalhos com influenciadores digitais, por exemplo, são as principais tendências do mercado atual.

Para trabalhar, sugerimos que você escolha o coworking. O ambiente, que tem a colaboratividade em seu DNA, vai fazer com que você conheça muita gente e crie novas parcerias. Sem contar que é um espaço com arquitetura e decoração pensadas para inspirar a ter novas ideias.

Testador

É extremamente comum as empresas – sobretudo startups – procurarem testadores para seus produtos e serviços. Que tal investir nessa área? Aposto que vai ser muito legal conhecer e experimentar as novidades antes de todo mundo.

Para começar, crie perfis em sites de trabalho freelancer. As empresas poderão, assim, entrar em contato ao saber de todas as suas qualificações. Quem sabe no futuro sua empresa cresça a ponto de ser referência na área de testes e pesquisas.

Planejamento de refeições

As pessoas têm procurado cada vez mais se alimentarem de um jeito saudável. No entanto, muitos ainda não sabem muito bem o que comprar, quando, onde ou o que fazer na cozinha. É aí que entra o meal planner. Esse profissional vai criar a lista de ingredientes, receitas passo a passo e ainda explica o valor nutricional para educar as pessoas. Além disso, um meal planner também indica formas de economizar dinheiro comprando em locais que ofereçam melhor custo-benefício e promoções atrativas. Com sucesso, você pode transformar a empreitada em um restaurante, por exemplo.

Planejamento de Viagem

Com a correria do dia-a-dia, esse é mais um negócio em alta. Entretanto, requer um pouco mais investimento e bagagem cultural. Neste trabalho, você vai planejar e produzir as viagens de seus clientes. Vai comparar preços, pesquisar hotéis, criar o roteiro de viagem e comprar passagens.

É preciso, entretanto, ter experiência com viagens e ser muito organizado. Também é fundamental falar outras línguas. A grande vantagem é que tudo pode ser feito de sua casa ou de um coworking.

Blogger ou Vlogger

Você domina muito algum tipo de assunto? Tem desenvoltura para escrever ou falar para vídeos? Então, a dica é criar um blog, canal no Youtube ou produzir um Podcast.

A criação de conteúdo para internet está em alta. Se você tem conhecimento sobre um assunto com mais profundidade, comece a falar sobre ele e influenciar as pessoas de forma positiva.

Vale cinema, gastronomia, viagens, moda, automóveis, esportes…Enfim, a pauta que tiver mais afinidade.

Trabalho com pets

Se você adora animais, vai curtir ainda mais saber que pode trabalhar com pets. Comece, por exemplo, oferecendo serviços de passeio com cães. Muitas pessoas não têm tempo disponível para fazer isso. Você também pode investir em cursos de banho e tosa ou adestramento de cães. No futuro, quem sabe não se torna dono de um pet shop?

Massagem

Estamos mais estressados do que nunca. Por que, então, não oferecer o serviço de massagem relaxante? Para se tornar um massagista, você pode fazer cursos livres na sua cidade. Com a especialização,dá para oferecer massagens em domicílio ou na sua própria casa. O investimento será a cama de massagem e os óleos essenciais.

Conclusão

Investimento não significa apenas dinheiro. É preciso investir em qualificações, treinamentos, materiais e estrutura. E, claro, persistência! Empreender não é fácil. Você terá que dedicar tempo e esforço para fazer com que tudo dê certo.

No fim das contas, entretanto, você vai perceber que tudo valeu a pena! Pensa na realização que vai ser conquistar seu sonho e ter autonomia para trabalhar. Pensando em seu sucesso profissional, na próxima semana vamos trazer algumas estratégias para você sobreviver ao primeiro ano de empreendedorismo.

Compartilhe :

Fale com um consultor