O que é Inside Sales e como vai te ajudar a vender mais, diminuindo despesas

O que é inside sales? Essa é uma pergunta recorrente e por isso vamos neste artigo apresentar para você. Acompanhe!
 
As atividades de vendas, apesar de ser a “porta de entrada” para a geração de recursos e lucros para a empresa, também gera muitas despesas: telefone, internet, gasolina, tempo nas visitas, etc.
 
Muitas pessoas devem imaginar: “Poxa, eu queria poder vender mais, mas não tenho nem tempo, nem dinheiro para conseguir esse ‘impulsionamento’”.
 
Esta é a vontade da maior parte das empresas, ter um volume maior de negócios, manter uma boa taxa de conversão e, além disso tudo, diminuir gastos.
 
Já parou para pensar como o Google faz vendas?
 
Eles vendem anúncios no mundo inteiro e, acredite, eles estão longe de ser “tiradores de pedido”. Uma má venda no sistema Google, significa perder clientes para outras mídias ou formas de anúncio.
 
E como Facebook vende? Já parou para pensar que todo o time de vendas deles está em outro continente?
 
Como fazem isso? A estratégia de vendas dessas empresas é chamada “Inside sales”.
 
“Ah, mas eles vendem serviços de internet, então é fácil e faz sentido”, você pode pensar.
 
E se te informar que as maiores empresas de gestão de finanças do Brasil, também utilizam esse formato? E a maior empresa de contabilidade do país?
 
O mesmo com os maiores produtores de conteúdo.
 
Se você e sua empresa não possuem resistência à tecnologia e às diversas ferramentas online disponíveis, você pode criar um processo de vendas baseado no “Inside Sales” que é, basicamente, a utilização de softwares para manter um relacionamento com um alto volume de negócios através de videoconferências, e­mails, inbound marketing, funil de vendas e qualificação dos clientes.
 
Quando uma empresa opta por um time de Inside Sales, você reduz drasticamente os custos da empresa, especialmente reuniões presenciais e prospecções.
 
Afinal, se você consegue se comunicar com pessoas do mundo inteiro através de uma videoconferência, você passa a negociar com mais clientes, em diferentes praças, de forma mais direta e sem perder o “teti­a­teti”.
 
Eu sei, se você utiliza o método tradicional (e bem mais caro) de vendas, você pode ter grande resistência por parte de alguns clientes.
 
Porém, ao fazer um processo de vendas voltado para a diminuição de custos e aumento no número de negócios, você não descarta totalmente outros meios de fechar venda (afinal, isso é o que
realmente importa).
 
Porém, é importante lembrar que isso irá mudar o processo de vendas da empresa e que, por conta disso, o meio de conquistar e fazer o follow up com os clientes deve mudar.
 
Para enxugar os custos das vendas através do Inside Sales, você não precisa de um carrão, um escritório descolado, não precisa de gasolina, pode trabalhar de casa ou de qualquer lugar e ainda consegue ampliar seu mercado. Para isso, segue algumas dicas:

●  Você pode ter uma secretária virtual quando estiver em videoconferência ou com outras obrigações. Se for o caso, como pode trabalhar de qualquer lugar, um espaço compartilhado te ajuda a diminuir custos.
●  Faça marketing digital, pode ser mais barato e ainda consegue metrificar tudo que é preciso.
●  Utilize um CRM Online para gerenciar as oportunidades que são criadas, colocar tudo no funil de vendas e melhorar seu follow up
●  Acompanhe as métricas de vendas, para melhorar efeitividade e otimizar tempo. O CRM poderá ajudá­lo.
●  Utilize o Skype e fale para seus clientes priorizarem esse tipo de comunicação. Não se preocupe, a internet está aí para ser usada e não será problema.
 
A empresa que deseja implementar um processo de Inside Sales deve pensar sempre que o objetivo e fazer mais em menos tempo.
 
Os vendedores precisam negociar com um alto volume de negócios (por isso o marketing digital, CRM e outras formas de otimizar o tempo) e focar nas oportunidades certas.
 
Certamente, com tudo isso, você pode fazer mais vendas, fortalecer a inteligência da sua área de marketing e vendas e, além disso tudo, diminuir despesas.
 
O mercado está caminhando para que as empresas adotem este modelo: que é mais eficiente e não depende de “custos marginais” para gerar receita. Podemos ver que grande parte dos negócios digitais, inovadores e até os tradicionais, já estão tomando essas decisões.
 
Tudo isso depende de treinamento, conhecimento de conceitos e tecnologias.
 
Mas se você está preparado para fazer essa transição e acha que a empresa está preparada para implementar o “Inside Sales”, esse é um momento interessante: além de ser uma forma de colocar as contas “em dia”, você pode estar dando um passo à frente no seu segmento de mercado.
 
Então, siga ir frente e faça vendas mais inteligentes e rápidas.
Compartilhe :

Fale com um consultor