Como criar um modelo de negócios ideal para sua empresa?

No artigo da última semana, falamos sobre os 15 passos para você constituir sua empresa como MEI. Uma das etapas é a criação do modelo negócios. Ele é o documento que vai dar sentido à sua empresa. Sem um modelo de negócios, você, empreendedor, pode ficar sem saber como conduzi-la.

Por isso, hoje, vamos explicar o que é um modelo de negócios, a sua importância e, principalmente, como você deve construir o seu.

O que é um modelo de negócios?

Desde que as empresas surgiram, as pessoas se baseiam em modelos para dar sentido e guiar aquilo que estão oferecendo, seja um produto ou serviço. Antes dos computadores, a criação de um modelo de negócios era simples. Por meio de planilhas rudimentares, era possível separar informações importantes para serem visualizadas de forma organizada.

Felizmente a tecnologia fez com que a gente evoluísse. E hoje já existem ferramentas para ajudar na construção do seu modelo de negócios. O Canvas, que certamente você já deve ter ouvido falar, é uma delas.

Antes de você aprender a criar o seu, é preciso mudar o seu mind set. Entenda que o modelo ideal de negócios consegue determinar a estrutura de capital e está no cerne da sua empresa.

Crie uma história

Sim, o modelo de negócios deve ser entendido como uma história. Ele deve aperfeiçoar o que está sendo feito no contexto atual. Não precisa ser algo inovador ou disruptivo, mas deve fazer sentido e aprimorar as opções disponíveis ao consumidor no momento.

O modelo de negócio pode criar algo novo ou oferecer updates a algo já existente. Entretanto, é fundamental que ele explique de forma clara como sua empresa vai funcionar e o que ela vai oferecer.

Como construir um modelo de negócios ideal?

Toda empresa viável é construída a partir de um modelo de negócio ideal. Lembre-se, entretanto, que um modelo de negócios não é a mesma coisa de estratégia de negócio. Sobre o Plano de Negócios, já falamos em outra oportunidade.

Um modelo de negócios deve explicar como as partes vão interagir entre si. O modelo de negócios de uma loja de roupas, por exemplo, é vender roupa e prestar atendimento de qualidade em troca de dinheiro. O que faz diferença não é o seu modelo de negócios, mas quais serão as estratégias para se diferenciar da concorrência e conquistar mais clientes. E isso envolve um Plano de Negócios.

Enquanto o Plano de Negócios pode chegar a 50 páginas, o Modelo de Negócios é enxuto. É possível compreendê-lo em poucos minutos.

Referência quando o assunto é Modelo de Negócios, o livro Business Model Canvas sugere perguntas-chave para você entender como sua empresa vai criar, entregar e capturar valor. 

Quais as perguntas você deve fazer na hora de construir o modelo de negócios?

  • O que você oferece é único no mercado?
  • Quem é seu público-alvo final?
  • O que você realiza exatamente e que deve consistir no produto ou serviço oferecido?
  • Quais as empresas poderão ser suas parceiras estratégicas?
  • Como você vai cobrar? E de que forma?
  • Quais são os geradores de custo?
  • Qual a infraestrutura, recursos e serviços de base?

Para facilitar a infraestrutura, você pode usar um coworking e todos os serviços oferecidos por ele. Além do escritório compartilhado, você ainda pode usar o endereço fiscal, salas de reunião, treinamento, atendimento telefônico e gestão de correspondência.

  • Como o produto chega ao seu cliente? Quais as estratégias de divulgação?
  • Como você se comunica com seu cliente?
  • Qual o real propósito do seu negócio?

Todas as suas respostas devem levar a uma fórmula capaz de transformar time, produto e gestão em receita, lucro e retorno para os acionistas.

Vale lembrar que o cartão de crédito só deu certo, porque quando foi criado, ofereceu mais praticidade aos clientes, aumentou as vendas nos estabelecimentos e trouxe renda fixa para o banco.

Ferramentas para criar um modelo de negócios

Todas essas perguntas são respondidas utilizando um quadro chamado Business Model Canvas. É como se fosse um mapa, onde é possível enxergar todos os envolvidos, interessados e os beneficiados com os produtos e serviços oferecidos pela sua empresa.

A tradicional forma de usá-lo é imprimir e preencher com post-its. Funciona bem, especialmente, quando você discute tudo isso junto com outras pessoas.

Não sofra muito para preencher tudo. O modelo de negócios ideal é trabalhado durante muito tempo e pode passar por reestruturação e validação, mesmo com a empresa já em funcionamento.

No próximo artigo, vamos explicar passo-a-passo como construir o seu Canvas.

Compartilhe :

Fale com um consultor