Como o coworking me ajuda a empreender?

Ter seu próprio negócio ainda é o sonho da maioria dos brasileiros. E especialmente em tempos áridos como este pelo qual estamos passando, empreender tem sido a melhor solução para muitos profissionais.

Mas tirar aquela ideia da gaveta e colocá-la em prática no mercado nem sempre é fácil – e nem barato!

Nesse contexto, o coworking surge como um facilitador no ato de empreender – seja na atuação como freelancer, seja na hora de abrir um negócio.

E de que forma o coworking pode me ajudar a empreender? Continue lendo e descubra como esse modelo pode ser o seu melhor parceiro de negócio!

O que é e como funciona o coworking

O coworking, que surgiu nos Estados Unidos, vem ganhando cada vez mais força e popularidade no país.

Para quem ainda não ouviu falar, o coworking é um modelo de trabalho que funciona basicamente como um escritório compartilhado.

É um espaço que abriga profissionais e empresas das mais diversas áreas de atuação (empreendedores, freelancers, startups, entre outros) que buscam um ambiente empresarial de qualidade.

A ideia é pagar uma mensalidade e ter direito a um espaço de trabalho com toda a estrutura de um escritório convencional, sala de reuniões, internet, telefone, secretária e até mesmo o cafezinho.

Além disso, você pode optar por escritórios compartilhados, estações de trabalho, salas privativas e ainda contar com salas de treinamento.

O escritório compartilhado é, hoje, muito utilizado por empresas, consultores, advogados, engenheiros, arquitetos, jornalistas, publicitários, designers, administradores, desenvolvedores, profissionais de tecnologia, entre vários outros profissionais.

Esse sistema de trabalho tem sido uma mão na roda para muita gente.

Confira as vantagens do coworking

Baixo investimento

Para abrir um negócio e montar um escritório da forma convencional, por mais básico que seja, você precisa comprar ou alugar um imóvel, adquirir todo o mobiliário, equipamentos, materiais de escritório, e muitas vezes tem que se preocupar com outros gastos, como a contratação de uma secretária, por exemplo.

Com o coworking, você não precisa se preocupar com nada disso!

O investimento mensal para ter uma estação de trabalho em um espaço como esse é muito baixo, se comparado aos gastos que você teria da outra forma. E o melhor: você conta com todos os benefícios de um escritório tradicional.

Otimização da produtividade

Se por um lado o alto custo de montar um escritório assusta algumas pessoas e as impede de empreender, o home office (escritório em casa), que é uma solução mais barata, é a escolha de alguns profissionais.

No entanto, essa metodologia de trabalho tem muitos inconvenientes. Em geral, não dá para receber um cliente ou parceiro na sua casa, já que seria muito informal.

Além disso, a interrupção constante – por filhos, familiares ou qualquer demanda doméstica – é inimiga da produtividade.

No coworking, isso não é problema! Se você precisa se concentrar, é só fechar a porta da sala. Ou, mesmo em espaços compartilhados, você tem a garantia de que não será interrompido.

Networking e Benchmarking

Se em um determinado momento você não quer privacidade, e sim interatividade, o coworking é o espaço ideal para seu negócio.

Lá você está junto de outros empreendedores, que vêm de outras áreas, com mil e uma ideias que podem te inspirar.

Além disso, esse sistema promove um ambiente inovador, produtivo e colaborativo. Sem contar que esses contatos podem gerar ainda mais negócios para você. Ponto para o coworking!

Melhor localização

O valor da mensalidade em uma empresa de coworking muito bem localizada é ainda mais baixo do que o aluguel de um escritório convencional em uma região mais afastada ou fora de mão para você.

Ou seja, com o coworking você trabalha e recebe seus clientes em uma localização privilegiada da cidade e nem precisa de fiador, seguro e todas aquelas burocracias.

E aí, viu como o coworking pode ser o empurrãozinho que faltava para você realizar aquele sonho e concretizar seus projetos? Faça-nos uma visita.

Compartilhe :

Fale com um consultor