Descubra se você está pronto para empreender em 2019

Já que o assunto do blog nos últimos dias tem sido o planejamento para 2019, hoje queremos propor uma reflexão para quem tem planos de investir no negócio próprio no próximo ano: Você está pronto para empreender?

Mais de 80% dos brasileiros desejam empreender um dia. Esse é um dos dados da pesquisa da Amway Global Entrepreneurship Report divulgado no início deste ano.

O número elevado faz um contraponto com a realidade das pequenas empresas no País. Conforme apuraram o Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas, um terço das empresas fecham em até dois anos de funcionamento no Brasil.

Com o alto risco de fracasso, é fundamental não tomar decisões muito precipitadas. E principalmente: refletir muito antes de investir em um negócio próprio.

Existem sinais muito claros que revelam que uma pessoa está pronta para empreender. E são esses pontos que a gente gostaria de compartilhar com vocês hoje, aqui no blog do DESK Coworking.

  1. Desânimo com o trabalho atual
  2. Paixão e afinidade
  3. Busca por novas oportunidades e interesse por se atualizar
  4. Consciência dos riscos
  5. Apoio dos amigos e família

5 pontos para refletir antes de empreender

1. Desânimo com o trabalho

A falta de ânimo e o engajamento com o atual do emprego é o primeiro sinal favorável para alguém que deseja empreender. É muito comum encontrarmos trabalhadores sem a tão sonhada realização profissional. Pior de tudo: sem qualquer motivação ou mesmo estímulo para continuarem em seus locais atuais de trabalho. Isso envolve a baixa possibilidade de crescimento, autonomia e até o pouco incentivo financeiro.

Se você se encaixa nesse grupo é hora de parar e pensar. Vale a pena continuar insistindo no emprego atual? Ou é hora de deixá-lo para trás? Você dispõe de capital para se arriscar no momento? Ou é melhor continuar no mesmo trabalho por um tempo até conseguir um bom capital de giro?

2. Paixão e afinidade

Não existe um negócio de sucesso se você não é apaixonado por aquilo que faz. Além de uma boa ideia, é preciso capacidade de transformá-la em ações capazes de gerar interesse do público. Por isso, é fundamental que você tenha afinidade com o serviço ou produto que vai oferecer. Juntar algo que amamos com uma grande oportunidade de negócio é a dobradinha perfeita para um empreendimento bem-sucedido.

3. Busca por novas oportunidades e interesse por se atualizar

Estar constantemente buscando se atualizar sobre a área que deseja investir é mais um ponto positivo para quem deseja empreender. Essa postura vai ajudá-lo a fazer um planejamento estratégico e bem detalhado, o que é essencial para um negócio de sucesso. Além disso, você deve estar pronto para mudar e ousar, deixando seu produto ou serviço cada vez mais atrativo para seu público-alvo.

4. Consciência dos riscos

Quem entende os riscos de um negócio e, mesmo assim, não teme está super pronto para empreender. Investir em um negócio próprio envolve a possibilidade de perder o capital. Por isso, é muito importante entrar em contato com outros empreendedores, analisar as dificuldades, avaliar os possíveis riscos e procurar formas de evitá-los. E sim: tenha um plano B, C e D caso precise mudar um pouco a rota.

5. Apoio dos amigos e família

Ter o apoio dos amigos e familiares é mais um indicativo que você está pronto a tocar um negócio próprio. Uma equipe bem comprometida e disposta é outro. Afinal de contas, é muito importante contar com o apoio das pessoas próximas, sobretudo, em uma mundo em que a colaboratividade e o compartilhamento aparecem como um caminho ideal e sem volta.

Conclusão

Depois de analisar esses pontos, você descobriu que está pronto para entrar nesse mundo super envolvente dos negócios?

Então, é hora de criar um plano de negócios e encontrar um local para fixar sua empresa. Se ainda não é hora de investir em um escritório próprio, saiba que você pode optar pelo home office. Caso precise dar uma cara um pouco mais formal, é hora de contar conosco e optar pelo escritório virtual ou coworking.

Na próxima semana, o assunto é a colaboratividade. Por que compartilhar é um caminho ideal e sem volta? Se você é empreendedor de primeira viagem, precisa ler esse artigo.

Compartilhe :

Fale com um consultor