Redução de ISS beneficia empresas de tecnologia e coworkings em BH

A redução do ISS, anunciada pela Prefeitura de Belo Horizonte, vai estimular o surgimento de novas empresas de tecnologia e beneficiar os coworkings em BH.

Programa de Incentivo à Empresas de Inovação e Tecnologia

O decreto, já publicado no Diário Oficial, reduz de 5% para 2% o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) para novas empresas do setor de tecnologia ou para aquelas que desejam aumentar suas atividades em BH.

O objetivo é, assim, atrair mais investimentos para as áreas de inovação e tecnologia.

O decreto da PBH prevê a redução do ISS por até três anos. Além disso, ele também concede desconto de 10% no IPTU e reduz a burocracia para as empresas conseguirem incentivos. A medida entra em vigor dentro de 90 dias.

O cenário da tecnologia em BH

O cenário de tecnologia e inovação na capital mineira está em plena expansão. A cidade sedia centros de desenvolvimento do Google, da Embraer, da Csem Brasil – empresa de painéis solares, e da sueca Hexagon – de software para mineração.

Belo Horizonte é também um dos principais polos de startups no País, com cerca de 420 em operação atualmente.

Com a redução do ISS, a Prefeitura espera estimular ainda mais esse ritmo de crescimento, além de atrair novos centros de pesquisa para a capital.

BH viu crescer nos últimos anos uma comunidade de jovens empreendedores, apostando em startups. O destino dessas novas empresas têm sido, principalmente, os espaços de coworking.

A medida, portanto, acaba beneficiando indiretamente esses escritórios compartilhados. Vale lembrar que vários espaços foram abertos na capital nos últimos anos, impulsionados por esse cenário.

Por que startup tem tudo a ver com o coworking?

Em primeiro lugar, o coworking é um investimento de excelente custo-benefício e também risco calculado. Dois fatores essenciais para quem está começando um negócio, certo?

Você não precisa arcar com os custos e a burocracia de um escritório próprio. E ao contrário dos aluguéis de salas comerciais, também não precisa assinar um contrato com tempo mínimo de permanência. Basta escolher um plano que se adeque às suas necessidades.

Como a colaboratividade está na essência do coworking, o trabalho acontece de forma integrada com outros empreendedores. Assim, fica muito mais fácil criar redes de relacionamento e parcerias.

A maioria dos profissionais são autônomos, geralmente predispostos a conhecerem pessoas de áreas complementares e fazerem networking.

Tipos de Coworkings em BH

Alguns espaços são mais descolados e possuem decoração arrojada e colorida, outros têm personalidade mais séria.

Entretanto, cada um ao seu estilo, todos possuem ambientes agradáveis e confortáveis. Isso é muito bom tanto para a rotina de trabalho, que fica muito mais estimulante, quanto para receber clientes e possíveis investidores.

Para quem ainda acredita que o coworking é mais adequado para quem trabalha com criatividade, a grande verdade é que a escolha por um ambiente de trabalho mais descontraído e propício à inovação tem mais a ver com o estilo de vida que você leva e com quem você é do que com a sua profissão.

Ou seja: você tem que estar com a mente aberta para entrar na onda da colaboratividade.

Muitos espaços também oferecem workshops e cursos sobre empreendedorismo, como iniciar uma startup e dicas sobre marketing para pequenas empresas, por exemplo.

Por falar nisso, no artigo da próxima semana, vamos dar algumas dicas para você montar a sua startup com sucesso.

Compartilhe :

Fale com um consultor