5 mitos sobre coworking que você deve esquecer

O ambiente de trabalho é algo que mudou muito em pouco tempo, não é mesmo? E é sobre coworking que iremos falar hoje.

Ao longo das décadas, as pressões por melhores condições laborais, aliadas com transformações intrínsecas dos mercados, que caminharam rumo à modernidade e novas filosofias de trabalho, fizeram com que a forma de se trabalhar fosse modificada.

Saíram os grandes setores, entraram as salas e repartições e, depois, foi a vez de voltar à tona os escritórios com grandes espaços comuns. Todas essas mudanças fortaleceram inovações e modelos mais flexíveis de trabalhar, e um deles é o coworking.

Os escritórios compartilhados de trabalho seguem as tendências do mercado das startups e um pouco da filosofia freelance para oferecer espaços equipados que podem ser a “sede” de mais de uma empresa. Se você ainda não conhece bem o sistema do coworking, é comum se deparar com algumas inverdades sobre eles. Por isso, confira esses 5 mitos sobre escritório compartilhado que você deve esquecer agora!

1. Equipamentos utilizados são de baixa qualidade

Fatores como conexão de internet, qualidade do sinal wi-fi, atualização dos equipamentos são preocupações importantíssimas na administração de um escritório compartilhado.

Ao se oferecer para ser a sede de operações, os espaços de coworking estão se comprometendo a entregar o necessário para que o trabalho saia bem, isso significa possuir equipamentos de ponta para os clientes.

É claro que a qualidade da infraestrutura varia de lugar para lugar, mas é possível afirmar que a grande maioria dos escritórios compartilhados possuem equipamentos que atendem às necessidades dos empreendedores.

2. Coworkings bem estruturados são caros

É claro que alguns fatores como localização, qualidade do ambiente e dos equipamentos pode influir no valor a ser pago pela utilização do escritório.

Porém, ao se colocar no papel os gastos envolvidos, é possível notar uma economia substancial se comparado com o custo operacional de uma empresa com sede própria.

Esqueça o aluguel, as contas de luz, internet, água, IPTU e telefone, tudo isso desaparece da planilha de gastos. Isso significa que sobra mais verba para investir num bom local de trabalho.

E mesmo selecionando um coworking do mais alto nível, é possível sentir no bolso a redução dos gastos.

3. Os coworkings não possuem segurança

Alguns empreendedores que estão desenvolvendo suas empresas e projetos têm medo de apresentá-las em público devido à possibilidade de roubo de informações.

Alguns ainda se mantêm fixos na ideia de que um home office ou uma sala comercial são mais simples e seguros.

Acontece que os escritórios compartilhados têm o dever de zelar pela confidencialidade com os clientes, e para isso investem em tecnologias de segurança para manter o ambiente sempre livre das ameaças, diferentemente da sua rede caseira, que possui bem mais brechas para invasão.

Além da questão da segurança no ambiente virtual, muitos coworkings oferecem equipes de segurança, manobristas e recepcionistas, que ajudam a manter a segurança do espaço físico e dos seus pertences durante o trabalho.

4. “Empresas sérias possuem sua própria sede”

Muita gente crê que coworkings são locais barulhentos, cheios de jovens se comunicando muito e trabalhando pouco.

De fato, o ambiente de startups é bem distinto do tradicional modelo de trabalho “cada-um-no-seu-cubículo”.

São ambientes mais amplos e que fortalecem as relações interpessoais e o networking. Apesar dessas diferenças, isso não significa que os escritórios compartilhados não sejam locais sérios de trabalho.

Um levantamento feito em 2011 apontou que mais de 60% das grandes empresas estão de olho em opções de trabalho remoto.

5. Coworking é coisa apenas para startup de tecnologia

Engana-se quem pensa que apenas quem lida com tecnologia, criação de aplicativos e programação é que se encaixa no ambiente dos escritórios compartilhados.

Os coworkings foram pensados para agregar todo o tipo de empresa, independente da sua área de atuação. O importante é que o espaço esteja preparado para receber seu negócio!

Esses são alguns dos mitos sobre coworking que você precisa esquecer agora.

Se você está em busca de um local para começar seu negócio, pondere a contratação de um coworking e sinta como a infraestrutura e o ambiente pulsante de ideias podem transformar seu negócio.

Venha viver a experiência de estar num coworking! Marque, venha e se surpreenda!

😆  QUERO EXPERIMENTAR

Compartilhe :

Fale com um consultor