O crescimento de espaços de coworking, o escritório do futuro

Se há crise para uns, é porque há oportunidade para outros. O crescimento de espaços de coworking nos últimos anos foi enorme, e isso se deve principalmente ao fato de que muitas empresas estão migrando seus espaços para economizar recursos financeiros.

Cortar a mão de obra nem sempre é a melhor alternativa. Manter a qualidade do serviço deve ser sempre a maior prioridade de qualquer empresa. E para não precisar partir para esse extremo, e sem perder a localização estratégica, a solução dos coworkings tem sido a resposta para muitas empresas e empreendedores autônomos.

A verdade é que os coworkings sempre foram considerados os escritórios do futuro. Com a pandemia, essa realidade se intensificou. O crescimento de espaços de coworking foi muito maior do que você imagina durante a pandemia.

Mas com o isolamento social, a procura aumentou?

Sim. O crescimento de espaços de coworking foi maior mesmo durante a pandemia. Em um primeiro momento, houve dúvidas, é claro.

Afinal, o isolamento social era um dever das pessoas. Desse modo, seria impraticável compartilhar escritórios. Mas essa realidade já está mudando.

Nos últimos meses, o cenário tem sido mais otimista para os coworkings. E é fácil entender o motivo.

Com a pandemia, muitas empresas precisaram economizar recursos, já que o futuro era incerto. Elas perceberam que a melhor forma era economizar com o aluguel de espaços comerciais, investimento em materiais e impostos.

E a beleza do coworking reside justamente no fato de que ele oferece todas essas soluções juntas para qualquer empresário.

Além de ser muito mais barato alugar uma sala de coworking do que uma sala comercial, não é preciso arcar com uma série de taxas e impostos. Além disso, não é necessário também investir em recursos e materiais, já que a estrutura de um coworking atende todas as necessidades dos clientes.

Mas mesmo com a queda, como o crescimento de espaços de coworking não parou?

crescimento de espaços de coworking

É verdade que por um lado houve uma queda substancial na procura de coworkings, especialmente no início da pandemia.

Mas essa diminuição da procura foi rapidamente substituída pela contratação de serviços como secretária virtual e escritórios virtuais.

Ao contratar um escritório virtual, o cliente tem o seu endereço fiscal legalizado, mas não tem a necessidade de montar um escritório físico. Portanto, ele só aluga um espaço físico no coworking quando tem a real necessidade.

Os empreendedores enfim compreenderam que não é necessário ter um espaço físico para montar um negócio, e que ao compartilhar o espaço, podem reduzir em mais de 70% suas despesas.

Mas trabalhar em um coworking não significa necessariamente compartilhar o mesmo espaço com as outras pessoas. Afinal, ainda existem as opções de aluguel de salas de reunião, salas de treinamento e salas privativas.

O crescimento de espaços de coworking mostra que esse tipo de mudança não significa apenas a sobrevivência de empresas e autônomos no mercado, mas também um leque muito maior de oportunidades que não eram vistas antes.

Apesar de a pandemia ter trazido dor e incertezas, não podemos negar que houve também um lado positivo em toda essa história.

Como funciona a estrutura de um coworking?

Em termos de estrutura, cada um tem a sua própria. Mas dentre as principais instalações e serviços que a grande maioria dos coworkings oferece, podemos destacar salas de reunião, salas de treinamento, salas privativas, endereço fiscal, endereço comercial, secretária virtual, dentre outros.

Um diferencial que poucos coworkings oferecem é o serviço de portaria 24 horas. Aqui na Desk Coworking, nós oferecemos esse serviço, pensando na comodidade de horários do cliente.

As novas tecnologias proporcionaram uma nova visão para os profissionais. Hoje, uma grande parcela já não sente a necessidade de trabalhar no horário comercial padrão.

Isso se deve a diferentes fatores, tais como fugir do trânsito e focar na própria qualidade de vida, ao buscar atividades complementares como cursos de idiomas e prática de esportes.

Sem contar que algumas pessoas se sentem muito mais produtivas em determinados períodos do dia. Um funcionário de uma empresa não pode simplesmente chegar para o chefe e determinar que a partir daquele momento ele trabalhará quando estiver a fim.

Mas com o crescimento de espaços de coworking, o profissional se sente muito mais à vontade para realizar as tarefas no seu próprio tempo.

Qual é a tendência daqui para frente? O crescimento de espaços de coworking vai ser ainda maior?

crescimento de espaços de coworking

Para alguns especialistas, o crescimento de espaços de coworking é um caminho sem volta. 

Nós estamos vivendo um período diferente, no qual as pessoas perceberam que o compartilhamento de bens, carros e escritórios é mais sustentável e mais barato.

Podemos citar como exemplo o compartilhamento de apartamentos (AirBNB) e compartilhamento de carros (Uber e BlaBlaCar, app de caronas).

Hoje, uma pessoa não precisa mais necessariamente ter um bem para poder usá-lo. É muito mais econômico “pegar emprestado” quando for necessário e não arcar com burocracias e custo de manutenção.

É como comprar um carro novo. Pode até ser mais confortável, mas isso gera diversas despesas como impostos, combustível, seguro, pedágio e manutenção. É muito mais barato e prático pegar um Uber. Então, por que não fazer o mesmo com um ambiente de trabalho, onde além da economia, é possível estabelecer um networking muito maior?

Para quem está abrindo uma empresa, é ainda mais vantajoso seguir esse caminho, já que alugar um coworking dispensa quase todos os tipos de investimentos.

A Desk Coworking oferece soluções flexíveis e práticas para empresários, com uma estrutura preparada para atender as necessidades específicas de cada cliente.

Você gostaria de ter uma experiência completamente diferente e inovadora com a sua empresa? Venha tomar um café conosco e conhecer a Desk Coworking, o seu escritório do futuro!

Compartilhe :

Fale com um consultor