4 equívocos que empreendedores iniciantes cometem (e como fugir deles)

É possível mitigar os equívocos de empreendedores iniciantes?

Abrir um negócio é o sonho de várias pessoas. No entanto, quando finalmente conseguem realizá-lo muita gente acaba cometendo erros que podem ser fatais para o negócio.

Com isso, muitas empresas novatas acabam fechando as portas antes mesmo de terem uma chance de sucesso e boa parte dessas situações se deve a erros cometidos por empreendedores iniciantes.

Sem experiência e com muitos sonhos, esse tipo de empreendedor pode fazer com que um bom negócio não forneça os resultados desejados se certos erros forem cometidos.

Para evitar que você entre nessa lista, conheça 4 equívocos que empreendedores iniciantes cometem e saiba como fugir deles.

Os principais erros dos empreendedores iniciantes

1. Não regularizar o negócio

Um dos erros mais comuns de quem abre o seu próprio negócio é o de não promover a regularização imediata do novo empreendimento.

Atuando de maneira improvisada, muitos desses novos empreendedores vão adiando a regularização completa da empresa, até o momento em que não seja mais possível fugir.

Além de causar potenciais prejuízos para a credibilidade da empresa — afinal, não há conta jurídica ou CNPJ, por exemplo — isso também pode gerar problemas fiscais e com a justiça em geral, prejudicando todo o empreendimento.

Para fugir desta situação, é muito importante começar a empresa do jeito certo, com tudo devidamente regularizado, antes mesmo de iniciar as atividades.

2. Deixar de fazer um plano de negócios

A regularização, às vezes, não é o problema do empreendedor novato, mas sim a sua falta de planejamento.

Apenas confiando no potencial do seu negócio, muitos empreendedores iniciantes deixam de fazer um plano de negócios que seja realmente relevante para os resultados pretendidos.

Sem esse plano de negócios, o empresário não sabe qual a missão ou os valores da sua empresa e nem quais são os seus objetivos de crescimento e de posicionamento no mercado.

Com isso, o empreendedor acaba ficando perdido no voraz mundo dos negócios e diminui significativamente as chances de ter sucesso.

Por isso, fazer um planejamento estratégico é indispensável para conseguir os resultados desejados.

3. Ter uma visão pouco realista

Empreendedores são sonhadores e idealizadores por natureza, e essa característica é ainda mais forte nos iniciantes.

O problema, entretanto, é que isso faz com que muitos cometam o equívoco de ter uma visão pouco realista do próprio negócio.

Com isso, muitos empreendedores acabam acreditando que seu produto ou serviço vai gerar mais lucro do que efetivamente é capaz e, com isso, fazem investimentos e planejamentos baseados em uma realidade que, provavelmente, não se concretizará.

Além da frustração, isso também gera prejuízos, que nem sempre podem ser contornados.

Para evitar que isso aconteça, portanto, é indispensável fazer uma análise relevante de mercado para conhecer exatamente qual o potencial do seu negócio.

Quer conversar com um de nossos consultores que estão prontos para lhe auxiliar nessa tarefa? Agende agora!

4. Não ter capital de giro suficiente

Se o capital de giro é importante para empreendimentos já estabelecidos, para novos ele é fundamental, para que a empresa possa aguentar o período de firmamento no mercado.

Nesse sentido, um dos principais erros cometidos, é que o empreendedor iniciante investe tanto no lançamento do seu negócio, que na hora de abri-lo não sobra o bastante para o capital de giro.

Como consequência, o empreendimento fica sob um risco muito maior e também sob uma pressão elevada de dar certo, já que o negócio mal tem como se manter sozinho.

Assim, para evitar esse erro, é muito importante conhecer os custos das operações da empresa e reservar um valor que seja capaz de cobrir esses gastos por um determinado período.

Empreendedores iniciantes tendem a cometer alguns erros em comum, como a falta de regularização da empresa, de um plano de negócios, de uma visão realística e de capital de giro suficiente.

Conhecer esses erros e saber como evitá-los, por sua vez, diminuirá as fraquezas da empresa e dará ao seu negócio uma chance a mais de sucesso.

Viu como é importante para os empreendedores conhecerem bem os processos de gestão?

Compartilhe :

Fale com um consultor