Quais tipos de empresas já utilizam o coworking

Oferecendo estrutura básica ao empreendedor – como mobiliário, internet e telefone – a preços competitivos, não demorou muito para que o serviço entrasse no radar de pequenos e médios negócios e ficasse fácil identificar quais tipos de empresas já utilizam o coworking.

Coworking é para todos?

O coworking recebe trabalhadores de inúmeras áreas, sendo útil para diversos modelos de negócio.

No entanto, para se beneficiar desse estilo de escritório, é importante que a empresa seja flexível para se adaptar a uma nova rotina.

O ambiente compartilhado é bastante positivo para o networking com profissionais de outras áreas, contudo, pode ser um pouco prejudicial para pessoas que precisam de um ambiente mais silencioso, por exemplo.

Para satisfazer esse público, alguns coworkings já contam com salas isoladas para atender equipes maiores, garantindo privacidade para as atividades.

Quais tipos de empresas já utilizam o coworking

É uma ótima opção para todos os profissionais, pois existem benefícios que você não encontra em um escritório próprio, como:

  • Você tem um escritório, só que mais barato
  • Bom espaço para trabalho em um endereço comercial de prestígio
  • Instalação rápida
  • Você se torna mais produtivo
  • Você tem mais flexibilidade
  • Possui uma imagem profissional
  • Oportunidade de networking

Por isso muitos profissionais de áreas distintas estão procurando o coworking para tocar seu negócio, com mais rapidez, agilidade, profissionalismo e também muito conforto e oportunidade de crescimento com contatos com os outros profissionais.

Confira alguns profissionais que estão utilizando essa forma de trabalho

Consultor de Negócios

É comum o Consultor de Negócios desenvolver a sua carreira em grandes empresas.

Mas muitos, já tendo experiência no mercado, trabalham por conta própria atendendo vários clientes.

Na maioria dos casos, é graduado em Administração de Empresas e possui visão holística das diversas áreas que compõem um negócio: Recursos Humanos, Contabilidade, Finanças,

Direito Empresarial, Marketing e Estratégia.

No coworking, esse profissional tem uma vantagem em relação a seus concorrentes: a proximidade com diversos empresários.

No dia a dia de trabalho, ele vai conhecer mais de perto o funcionamento de outras empresas que atuam no coworking.

Assim, poderá tanto se atualizar sobre as práticas do mercado quanto contribuir com seus “vizinhos” de escritório.

Como o Consultor de Negócios, costuma ter facilidade em negociar e interagir, em pouco tempo poderá ampliar sua clientela devido ao ambiente propício do coworking.

Coach

Em alta no mercado atual, o Coach é responsável por ajudar as pessoas a terem uma visão estratégica do seu perfil e por orientar o cliente a atingir seus objetivos.

Costumam ser profissionais bem dinâmicos e que gostam muito de conhecer diferentes tipos de pessoas.

Trabalhando em coworking, o Coach poderá criar um forte networking e conquistar, naturalmente, muitos clientes.

O coworking é um prato cheio para o Coach, já que nele as pessoas estão bem voltadas para uma das coisas que ele mais ama: alta performance.

Ele também poderá utilizar as salas de reunião para receber seus clientes de um modo mais reservado e profissional do que se estivesse em seu home office.

Quais tipos de empresas já utilizam o coworking

Engenheiro

O Engenheiro cria e acompanha a construção de casas, prédios e outros tipos de edificação.

Muitos optam por atuar tendo a sua própria empresa, atendendo demandas como reformas e construções de lojas comerciais.

Aumentar a rede de contatos é vital para este profissional e nada melhor do que o ambiente de coworking para fazer isso de forma consistente.

Com grande capacidade de raciocínio lógico, o Engenheiro poderá colaborar com seus colegas de coworking fornecendo uma visão mais objetiva aos criativos de plantão.

Esse “mix” de perfis será benéfico para ambos.

Empreendedor Digital

Esse profissional pode atuar na gestão de diferentes negócios no mundo digital: e-commerce, produtor de infoprodutos ou como afiliado.

Geralmente são pessoas bem dinâmicas e abertas a troca de informações com distintos grupos de profissionais.

Boa parte do seu dia a dia é permeada por atividades no próprio computador.

Por isso, o Empreendedor Digital se sentirá bem passando horas no coworking.

Muito do seu trabalho é desenvolvido com contato apenas virtual com parceiros e clientes.

No ambiente de coworking, a interação pode ser feita pessoalmente.

Isso o ajudará a encontrar parceiros para criar estratégias e até fornecedores como Webdesigner e o Programador.

Programador Web

O desenvolvedor cria sistemas que são acessados pelo computador, seja em intranet ou internet, utilizando linguagens como php e java, por exemplo.

Vários profissionais desta área optam por trabalhar em start ups ou como freelancers.

Neste caso, ele forma parcerias com outros profissionais da área de web e passa o dia entre reuniões e a execução dos projetos direto no computador.

Geralmente são profissionais focados e que desenvolvem grande parte do trabalho de forma reservada.

No coworking, esse tipo de profissional poderá continuar trabalhando com foco.

Porém terá mais oportunidade de interagir, entre uma pausa e outra, aumentando seu networking.

Promotor de Eventos

Responsável por organizar congressos, seminários, shows e concertos, entre outros acontecimentos, o Promotor de Eventos é bastante dinâmico.

Precisa de mobilidade, pois sua agenda agrega diversas atividades.

Entre elas estão a captação de clientes, visita ao espaço do evento, divulgação e planejamento do evento.

Com um dia tão agitado, o coworking funcionará como um porto seguro para este profissional.

O espaço poderá ser usado quando ele for criar os planos e o orçamento do evento, além de ser ideal para reuniões com clientes.

Arquiteto

O Arquiteto é mais um dos  profissionais que trabalham em coworking.

O trabalho dele pode englobar várias frentes como planejamento urbano, arquitetura de interiores, projeto paisagístico, intervenções em edifícios históricos, entre outros.

Este profissional precisa de mobilidade no dia a dia para visitar clientes e obras em diferentes pontos da cidade.

Por isso, o coworking é uma solução viável, onde ele permanecerá durante algumas horas do dia, quando for mais adequado a sua agenda.

Hoje em dia, o arquiteto trabalha muito com softwares de 2D e 3D, podendo desenvolver os projetos em seu próprio notebook.

No coworking, em contato com profissionais de outras áreas, o arquiteto poderá contribuir com uma das suas grandes características: a capacidade de unir tanto o lado lógico quanto o lado criativo para viabilizar soluções.

Então, viu que o Coworking  também é para você? Venha conhecer uma das unidades do DESK Coworking.

Compartilhe :

Fale com um consultor