Como escolher o melhor coworking para trabalhar?

Como escolher o melhor coworking para trabalhar? A oferta de coworkings é imensa.

Só Belo Horizonte conta com mais de 200 espaços de coworking cadastrados.

Em meio a tantas opções, é importante ter cautela na hora de escolher o melhor deles para você trabalhar.

Optar por um coworking que não se identifica muito com o seu perfil pode prejudicar o rendimento profissional, deixando a experiência bastante desagradável.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas para você escolher o melhor coworking para trabalhar.

O autoconhecimento é fundamental

A análise pessoal é fundamental na hora de escolher o coworking. Você deve levar em conta tudo o que considera indispensável ou acha intolerável em um ambiente de trabalho.

Muito barulho, pouca luz, corporativista ou descolado demais.

Enfim, quais as características do local e das pessoas que ali trabalham poderão contribuir tanto com o seu bom desempenho profissional quanto deixar o seu dia-a-dia mais agradável.

Dê uma olhadinha na infraestrutura

A decoração pode ser super descolada, contemporânea, incrível! Lembre-se, entretanto, que design nem sempre significa conforto.

Observe a divisão das mesas de trabalho, a iluminação, a comodidade das cadeiras, a ventilação e, principalmente, a limpeza do local.

Podem parecer detalhes bobos, mas quando estamos desconfortáveis podemos não ser tão produtivos como gostaríamos.

Comunicação no Coworking

Converse com os outros coworkers para saber sobre a velocidade da internet, sinal de telefone e como é o funcionamento dos itens técnicos essenciais.

Tire também todas as dúvidas relacionadas à política de cobrança de ligações e outros serviços para evitar imprevistos.

Localização e Segurança

Não basta que o coworking esteja localizado próximo à sua casa, é preciso que a região conte com uma diversidade de serviços comerciais úteis – bancos, cafés, restaurantes, academias e praças.

É importante verificar a acessibilidade para os seus clientes, caso você precise se reunir frequentemente com eles.

Lembre-se também de verificar a segurança dos arredores e do espaço.

Afinal de contas, você vai levar suas ferramentas de trabalho e passar boa parte do seu dia por lá.

Atendimento

Lembre-se, a porta de entrada para um negócio é o atendimento.

É de extrema relevância você considerar o atendimento que você teve no coworking, pois será o mesmo que seu cliente receberá quando for te visitar para uma reunião, por exemplo.

O coworking tem que oferecer muito mais que uma mesa para trabalhar

Pesquise os pacotes disponíveis.

Além de uma estação de trabalho, sala de reunião e/ou privativa, é legal o coworking oferecer clubes de vantagens e eventos que contribuam para o seu crescimento profissional: cursos, palestras, workshops.

Muito oferecido também nos espaços de coworking, é o serviço de escritório virtual. Ainda não conhece?


Um último detalhe: se as pessoas que ali trabalham foram de áreas complementares à sua, as chances de desenvolver parcerias e criar novos negócios de sucesso são imensas.

Nós, por exemplo, oferecemos a Comunidade DESK Coworking.

Muito mais que infraestrutura e um ambiente agradável para você tocar o seu negócio, criamos um espaço para nossos coworkers trocarem projetos e experiências entre eles, e entre eles e vocês.

Uma grande comunidade de indicações e geração de negócios entre todos, que funciona de um jeito super simples e ativo.

Você entra em contato com a gente.

Analisaremos a sua demanda e, imediatamente, indicaremos uma pessoa ou empresa, que irá chamá-lo para um bate papo.

É assim que começa uma parceria produtiva. Fiquem ligados aqui no blog do DESK Coworking.

Na próxima semana, vamos falar sobre coworking 24 horas e quais os benefícios para vocês, membros, e nós founders.


Compartilhe :

Fale com um consultor