MEI: passo a passo 2019 completo e simples para se inscrever

MEI foi o tema do nosso artigo anterior onde contamos o que você precisa saber antes de se tornar um microempreendedor individual. 

Para você que está chegando aqui agora trouxemos alguns pontos que são necessários para você entender mais sobre o MEI e estar mais preparado para a inscrição.  

E os principais tópicos discutidos foram:

  • Tipos de empresa: Cada TIPO de empresa carrega uma especificação no contrato e na forma de inscrição
  • Portes de empresa (Por capital): Cada categoria de empresa é representada por seu porte, a medida que seu faturamento aumenta suas responsabilidades e impostos também aumentam
  • Pontos de atenção antes de fazer um MEI: Entender sobre expectativa de faturamento, entrada de sócios e limitações da categoria. 

Neste artigo iremos aprofundar um pouco mais na questão que é se tornar um MEI. 

Você irá entender qual o melhor caminho e entender mais a fundo sobre:

Qual documentação necessária?

Quais os benefícios que eu recebo? 

E no final do texto irei contar um benefício que você pode ter diretamente no DESK Coworking e que ajuda vários MEI pelo país. 

Passo a passo MEI: microempreendedor individual

1) Cadastro na Plataforma 

2) Dados pessoais

3) Informações do seu negócio

4) Site portal do empreendedor

5) Vá em formalize-se 

6) Informe o número do título de eleitor

7) Preencha as declarações solicitadas e conclua a inscrição.

Inscrição no mei microempreendedor individual: Documentos

Para gerar seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) que representa o número do seu MEI e é como uma espécie de “CPF” para sua empresa. 

Você necessitará ter em mãos:

  • Declaração de endereço do local que você estará exercendo função
  • Número de inscrição na Plataforma do Governo, por necessitar de uma aprovação dentro das exigências dos órgãos públicos
  • Documentos pessoais: RG, título de eleitor ou Declaração do último imposto de renda

É necessário ter em mãos também todas as informações que tangem o seu negócio: Tipo de atividade econômica, forma de atuação e local onde o negócio será realizado (alvará de localização).

Restrições MEI

O MEI é a categoria de base dentro da pirâmide de negócios. Analisando pelo porte de capital e pelo TIPO de empresa, segue algumas informações que você deve ficar atento:

  • O Faturamento limite do MEI é R$ 81.000,00 ao ano
  • Declaração do INSS é 5% equivalente ao salário mínimo, independente do
    do faturamento
  • Você não pode possuir sociedade contratual ou outro estabelecimento no seu registro. Seja empresa de qualquer natureza ou porte.
  • Limite de apenas 01 funcionário com salário mínimo registrado.
  • Existem uma limitação de atividades que podem ser exercidas pelo MEI, você pode ver mais por aqui.
  • Profissionais liberais como: Psicólogos, advogados, dentistas e entre outros não podem emitir o MEI.

Sim, o MEI é uma pessoa que trabalha por conta própria. Geralmente são autônomos ou pessoas que querem iniciar seus serviços e não tem muita idéia ainda de faturamentos.

Claro que todas as decisões que você tomar refletirão diretamente na administração do seu negócio. Importante estar preparado para que tipo de empresa e qual vai ser o caminho que você espera tomar no seu negócio.

Selecionamos algumas dicas que podem te ajudar:

Planeje sua expectativa de faturamento:

Faturar R$ 6750,00 por mês pode ser um número que está além do que você imagina. Mas para negócios bem planejados e dependendo do tipo de investimento e produto que você estará vendendo, esse número pode ficar para trás em pouco tempo.

O faturamento do MEI é contabilizado todo ano. Ou seja, se você começar a faturar em JUNHO você poderá faturar no máximo R$ 47.500,00 reais. Se você ultrapassar o teto de faturamento a receita e órgãos públicos provavelmente irão fazer você migrar de TIPO de empresa, acarretando em custos de mudança de CNPJ.

Entenda porquê:

Como você pode ter visto neste calendário Janeiro é o único mês que este teto de faturamento maior se aplica. Por isso reforçamos que você deve se planejar financeiramente.

Uma outra dica e é a que deixamos no final para melhor entender sobre questões FISCAIS. 

DAS MEI e tributos

Só para relembrar, o DAS MEI é o Documento de Arrecadação do Simples Nacional. O MEI microempreendedor individual já é automaticamente incluso no Simples Nacional quando se cadastra no programa. 

O Simples Nacional é o programa de arrecadação do Governo voltado para cobrança de impostos e atende até Micro Empresas (ME). 

O DAS equivale ao custo de ser MEI e varia por cada tipo de atividade. Foram criadas categorias para resumir :

– Comércio e Serviços R$ 55,90
– Comércio ou Indústria R$49,90 ou R$ 50,90
– Serviços R$ 54,90

Essa é uma taxa fixa mensal que é enquadrada no seu ramo de atividade. Essa taxa te livra de se preocupar com alguns impostos do tipo: imposto de renda /pis/ cofins/ ipi/csll.

Não que você não precisa pagá-los. Quando você emite a DAS já é subentendido sua contribuição para o governo referente ao pagamento dos impostos. Este benefício é uma forma de ajuda para você não se assustar com variações nos custos que você paga. 

O pagamento da DAS inclui também a contribuição para o INSS. Como já falamos, a alíquota (ou desconto) é referente a 5% do salário mínimo. Indiferente do faturamento. Que pode ser melhor ou pior dependendo da sua situação. O importante que pagando o INSS você terá facilidades junto a previdência social, conseguindo outros benefícios como auxílio maternidade e auxílio doença.

Mas por ser uma taxa fixa, você ganha previsibilidade no seu negócio. Reforçando que a DAS é sim um ótimo benefício para você que é um mei microempreendedor individual.

Apesar de vários detalhes o MEI é um serviço de fácil inscrição. 

O que queremos reforçar é apenas a questão para você sempre pensar no seu planejamento e adequá-los ao seu sonho.

Mas agora vamos falar sobre um benefício que atinge não só o MEI mas todas as pessoas que querem ter seu primeiro escritório e ter custos menores e um serviço de qualidade junto.

Você já ouviu falar sobre Endereço fiscal?

Quando você inicia como um MEI microempreendedor individual, você precisa de um alvará de funcionamento. Isto envolve negociação com prefeitura e todo um trâmite que você pode sim evitar.

É um serviço oferecido pelo DESK Coworking. Endereço Fiscal é um serviço prestado pela DESK que possibilita você utilizar um endereço já autorizado e preparado para sua demanda de regulamentação.

Além do mais o serviço pode te oferecer:

  • Formalizar seu negócio através de um endereço fiscal para sua empresa
  • Gestão eficaz das correspondências
  • Credibilidade e segurança para sua empresa
  • Receba seus clientes em nossas salas de reunião

Este é um tipo de decisão que você pode tomar antes de se inscrever no CNPJ. Como falamos muito de planejamento, é importante, você já ter todos estes pontos de contato com seu cliente bem amarrados.

E vamos concordar, o quão menos burocracias e dores de cabeça você tiver melhor, certo?

Existem decisões em negócios que podem entregar aquele conforto e segurança que você irá precisar.

Espero que tenha ficado claro para você e caso você tenha mais dúvidas sobre Endereço fiscal, olhe esse depoimento de um de nossos clientes:

O que você está esperando para ter um escritório todo equipado e preparado para receber você? 

Benefícios:

  • Formalize seu negócio através de um endereço fiscal para sua empresa 
  • Tenha um endereço de prestígio para sua empresa e para seu negócio
  • Gestão eficaz das correspondências
  • Credibilidade e segurança para sua empresa
  • Dê a seu negócio uma localização privilegiada e passe uma imagem corporativa da sua empresa
  • Receba seus clientes em nossas salas de reunião
Compartilhe :

Fale com um consultor