3 alternativas para abrir o seu negócio por um custo menor

Empreender significa, antes de mais nada, fazer investimentos. E um deles precisa ser na estrutura para abrir o negócio. E como abrir sua empresa, seu negócio por um custo menor?

Um escritório, móveis, linha telefônica, internet e uma série de outros apetrechos não só são necessários como são extremamente essenciais para se colocar a empresa para funcionar.

Mas sabia que esse investimento não precisa ser tão dispendioso quanto você imagina?

Atualmente existem diversas alternativas para quem deseja abrir o negócio por custo menor.

E é sobre essas alternativas que vamos falar hoje. Ficou interessado?

Então continue nos acompanhando, porque você certamente vai adorar ter essas ideias em mente! Vamos lá?

Home office: da casa para o trabalho

A primeira alternativa de baixo custo para se abrir negócio é o home office.

E são muitos os empreendedores que adotam essa alternativa para economizar e manter uma atividade profissional própria.

No home office você utiliza um cômodo da sua casa para abrir o negócio, mantendo todas as suas operações profissionais sem a necessidade de sequer se deslocar.

O problema é que, aí, a visita de clientes fica por sua conta, e nem sempre a casa é o local mais adequado para se receber interessados, não concorda?

É bom avaliar também seu possível isolamento, já que em casa você não vai ter tanto contato com outros profissionais.

Como os equipamentos, insumos e a estrutura de escritório continuam sendo necessários, o investimento pode ser grande ou pequeno, dependendo da sua atividade e do seu nível de exigência.

Aluguel de salas: divisão de responsabilidades

Profissionais liberais — como advogados, médicos e dentistas — costumam dividir espaços de trabalho com outros profissionais de mesma formação, de olho no baixo custo para abrir negócio.

Essa pode mesmo ser uma boa solução, mas vale ressaltar que é preciso abrir mão de algumas coisas para conseguir manter a harmonia no convívio com pessoas que, por mais que dependam do mesmo espaço para trabalhar, são totalmente diferentes.

Mesmo que se reduza os custos ao abrir um negócio nesse modelo, o investimento não costuma ser tão menor do que o aluguel de uma sala exclusiva, pois a quantidade de pessoas que dividem o mesmo espaço também é limitada.

Portanto, é preciso pesar os prós e os contras a fim de avaliar quem são as pessoas com quem você vai compartilhar o seu dia a dia.

Escritório virtual: praticidade com baixo custo

Os escritórios virtuais já estão se alastrando pelo país afora, fazendo o maior sucesso entre os empreendedores pela comodidade que proporcionam e pelos modestos valores cobrados.

No escritório virtual você tem acesso a toda a estrutura física primordial, desde computadores até salas de reuniões, e paga somente pelo que efetivamente utiliza.

Assim, você pode contratar os serviços do escritório virtual de acordo com suas necessidades, conquistando um endereço comercial para o recebimento de correspondências, um telefone comercial, uma secretária que atenda suas ligações e um espaço profissional para receber seus clientes e fornecedores.

Além disso, pode desfrutar de serviços agregados, como entregas por motoboy e coffee break, facilitando demais a abertura do negócio por um custo menor!

Ficou interessado em conseguir um custo baixo para abrir o negócio, mas sem perder nada no quesito qualidade?

Então saiba o que mais um escritório virtual pode fazer por você e por sua empresa!

Confira as possibilidades dessa inovação e surpreenda-se! E não deixe de voltar aqui para compartilhar conosco suas impressões!

Compartilhe :

Fale com um consultor