6 dicas para economizar na hora de abrir um escritório de advocacia

Os novos advogados, recém-formados ou que estão desejando abrir um escritório de advocacia particular, esbarram em algumas dificuldades, principalmente no que se refere aos aspectos financeiros. Vai aqui algumas dicas para economizar. Acompanhe.

A busca por alternativas econômicas é mais que necessária e leva a novas formas de ocupação de espaço e trabalho, como o coworking.

Por isso, separamos seis dicas para economizar na hora de abrir um escritório de advocacia. Confira!

Use espaços de coworking

coworking é uma ideia que cai bem para o escritório de advocacia: trata-se de um ambiente compartilhado por vários profissionais, que cumprem suas atividades no local por um tempo determinado.

Os advogados podem ocupar espaços que já oferecem toda a infraestrutura necessária, como serviços de secretariado, local para reunião, acesso à internet, copa, serviços de impressão e os equipamentos e móveis necessários.

É também uma forma menos competitiva de encarar a profissão e lidar com o crescente aumento de profissionais na área de Direito.

Os custos são reduzidos e, além disso, você pode investir no seu relacionamento profissional.

Aposte na ideia de ser um advogado correspondente

Essa é outra estratégia eficaz para economizar ao abrir um escritório de advocacia: o profissional terá tempo disponível para ficar em seu próprio escritório, resolvendo problemas de seus clientes e produzindo mais.

Os advogados correspondentes representam causas em outras cidades, resolvendo questões de clientes dos escritórios ou empresas que os contratam, evitando, para os contratantes, gastos com deslocamentos.

A ocupação contribui para aumentar a receita, otimizando o tempo e aumentando seu rendimento.

Pesquise por preços melhores

Outra forma de economizar quando for abrir um escritório de advocacia é pesquisar por preços melhores.

A concorrência é alta no ramo imobiliário e, por isso, convém procurar imóveis ou salas com aluguel mais barato.

Os preços variam dependendo de fatores como: localização, demanda, estado do imóvel, serviços oferecidos.

Talvez seja possível comprar um imóvel pequeno, por meio de financiamento, e convertê-lo em escritório de advocacia.

Aproveite espaços em sua própria casa

Essa é outra estratégia que vem sendo utilizada por diferentes profissionais. Se sua casa é grande ou possui um espaço adequado, você poderá fazer dela seu escritório de advocacia.

É comum usar uma dependência ou sala de visitas ampla como local de trabalho.

Para construir seu escritório de advocacia em sua casa, talvez sejam necessárias pequenas reformas e a compra de alguns móveis.

Mas, provavelmente, os custos serão bem menores que um aluguel mensal e custos de transporte (combustível/passagem).

Invista em um escritório virtual para economizar

Ter um escritório virtual é outra opção para economizar. É possível fazer bons negócios por meio da internet e recursos digitais.

Pode ser uma alternativa para que o profissional se organize até conseguir um escritório de advocacia definitivo (e nada impede que continue com o escritório virtual).

O escritório de advocacia virtual permite que o advogado trabalhe em casa, mas disponha de um endereço empresarial dinâmico, aloque clientes e contrate diferentes atividades em forma de serviços (endereço para registro da empresa e correspondências, atendimento telefônico), o que implica em menores custos.

Você pode até contar com salas e auditórios para reuniões e encontros, bem como serviços de secretariado.

Digitalize seus documentos

Trabalhar com documentos digitais dispensa a necessidade de espaços amplos para armazenar arquivos físicos.

Você poderá gastar menos, alugando ou utilizando um espaço menor, dispensando a compra de equipamentos específicos para a guarda dos documentos e, ainda, cuidará da segurança deles.

E você, pretende abrir um escritório de advocacia sem gastar muito? Já pensou nas sugestões indicadas?

Leia este post para entender um pouco mais sobre o funcionamento do coworking!

Sobre o Informador Fácil

O Informador Fácil é uma ferramenta de acompanhamento de diários da justiça eletrônico em todo o Brasil.

Atuante no Brasil há mais de 12 anos, o sistema permite que advogados e pessoas físicas acompanhem os diários oficiais, processos eletrônicos e andamentos processuais disponíveis em órgãos jurídicos de todo o Brasil, recebendo tudo em seu email e acompanhando as notificações através de um aplicativo exclusivo.

Compartilhe :

Fale com um consultor