Trabalho remoto e home office: qual a diferença entre os dois?

Desde que foi decretada uma pandemia pela OMS no início de 2020, muitos trabalhadores e funcionários se depararam com uma realidade totalmente nova: o trabalho remoto. 

Há quem tenha gostado do novo modelo, há quem ainda não tenha se adaptado bem. 

Independentemente disso, uma dúvida que persiste para a grande maioria é: qual a diferença entre trabalho remoto e home office? 

Embora muita gente ache que os dois termos significam a mesma coisa, isso não é verdade. 

Pensando nisso, preparamos um post para explicar a você quais são as principais diferenças entre o home office e o trabalho remoto. 

Boa leitura! 

Home office X Trabalho remoto: o que difere os dois? 

Home office e trabalho remoto são duas coisas distintas, e para que você não fique mais com essa dúvida, vamos começar explicando o que é trabalho remoto. 

Esse termo consiste no trabalho que é prestado por um prestador de serviço à distância. Portanto, quando um funcionário não está utilizando o próprio ambiente de trabalho da empresa. 

Ou seja, o trabalho remoto pode ser feito literalmente de qualquer lugar: de casa, de um coworking, de outra cidade, estado ou até mesmo país. 

Por outro lado, fazer home office significa necessariamente trabalhar em casa em período integral. 

Sendo assim, todo home office acaba sendo um trabalho remoto, mas o contrário não é verdade. 

Isso porque home office implica necessariamente a condição de sempre trabalhar em casa, como o próprio nome diz. 

Falando sobre os benefícios tanto para o funcionário quanto para a empresa, ambos os modelos são vantajosos. 

Porém, ainda que os dois tragam benefícios, também trazem algumas novas dificuldades para as empresas que ainda não se adaptaram bem a esse modelo de trabalho. 

Isso sem contar que um home office pode trazer várias distrações: tarefas domésticas que precisam ser feitas, crianças pequenas, barulho do cachorro latindo, e por aí em diante. 

Mesmo assim, se formos analisar um cenário geral, são poucos os setores que se beneficiam 100% do trabalho totalmente presencial. Afinal, as empresas estão começando a perceber que seus funcionários podem ser mais produtivos em casa e que isso também gera mais economias para a empresa. 

Eu posso fazer trabalho remoto/home office? 

Trabalho remoto

Tudo na vida tem os dois lados, e com o trabalho remoto e/ou home office não é diferente. 

Por um lado, é mais cômodo para o trabalhador e gera mais economias para a empresa. 

Por outro, é necessário trabalhar muito bem as habilidades de comunicação. 

Pensando no lado do trabalhador, é importante também que ele trabalhe muito bem a capacidade de não ceder a algumas distrações. 

Trabalhar no conforto de casa fazendo home office parece muito bom, mas algumas horinhas de sono a mais durante a semana podem diminuir bastante a produtividade mensal. 

Pensando agora no lado dos gestores, é preciso trabalhar também a comunicação e a confiança na equipe. Afinal, não é possível ficar o tempo inteiro monitorando a produtividade de cada um. 

Em outras palavras, não dá para desconfiar de um funcionário o tempo inteiro, se ele está ou não cumprindo os seus deveres. 

Por esse motivo, é importante que os gestores sempre deleguem o trabalho remoto e/ou home office a funcionários de confiança e competentes. 

Isso porque é impossível gerir um trabalho remoto da mesma forma como um escritório dentro de uma empresa é gerido. 

O foco deve ser sempre em adotar meios de comunicação claros, diretos e estratégias para que os trabalhadores possam se sentir à vontade e mais produtivos. Dessa forma, todo mundo sai ganhando! 

E como fica a questão social em um home office? 

Uma questão muito importante e que precisa ser esclarecida para quem vai fazer home office é a questão social. 

Isso porque profissionais que começam a trabalhar em casa e se isolam dos amigos e dos colegas de trabalho tendem a produzir menos, e isso pode até levar a algumas doenças como ansiedade e depressão. 

Nesse sentido, é importante que o profissional seja sempre o mais aberto possível com os seus gestores. 

Uma alternativa e fazer um trabalho híbrido: parte do tempo em casa, parte do tempo dentro da empresa. 

E, claro, uma alternativa ainda melhor é trabalhar dentro de um coworking. 

Isso porque, além de estar em contato full time com profissionais da mesma área, é possível aumentar o networking com pessoas de áreas distintas. 

Além disso, um coworking já oferece toda a estrutura necessária para um profissional de qualquer área. 

Isso serve principalmente para quem fizer trabalho remoto nesse sentido, já que a pessoa pode estar em outra cidade e não ter contato com nenhuma pessoa conhecida da empresa ou mesmo amigos do mesmo setor. 

Você pode se concentrar para trabalhar à distância? 

Trabalho remoto

Você pode morar sozinho e não ter qualquer tipo de distração durante o seu dia, o que permite que você foque 100% da sua atenção no seu trabalho. 

Ou você pode ter filhos pequenos, cachorro e pode morar em um bairro muito movimentado. 

Independentemente de qual seja a sua situação, saiba que fazer trabalho remoto ou home office sempre demanda muito mais esforço. Afinal, é preciso manter a concentração no trabalho. 

Nesse sentido, trabalho remoto significa que, quando você quiser tirar um tempinho para ficar em casa em um ambiente mais tranquilo, poderá fazer isso. 

Por outro lado, quando precisar de um ambiente mais profissional e preparado para o seu trabalho, poderá contar com a estrutura da empresa onde trabalha. 

Para a grande maioria que está começando a trabalhar agora em home office, são vários os desafios enfrentados no dia a dia para conseguir manter a mesma produtividade. 

A dica para você, se for o seu caso, é separar um ambiente exclusivo para o trabalho para evitar misturar sua vida pessoal com a profissional. 

Então, vale a pena fazer home office? 

Fazer home office por alguns dias parece tentador, e de fato, é confortável. 

O problema é quando você decide fazer home office todos os dias sem ter uma estrutura adequada para isso. 

Ou seja, equipamentos, mesa, cadeira confortável e ergonômica, e uma boa internet. 

Os escritórios das empresas são planejados de forma estratégica. Isso para que os profissionais tenham uma boa iluminação, ambiente confortável, mesas e cadeiras ergonômicas. Dessa forma, para que se sintam bem durante o dia e se tornem mais produtivos. 

Essa é uma grande diferença entre trabalho remoto e home office. 

Portanto, se você não tem uma estrutura como essa em casa, ao invés de gastar com todos os equipamentos necessários e com uma internet boa, pode ser bem mais vantajoso trabalhar em um coworking. 

Na Desk Coworking, por exemplo, oferecemos tudo o que você precisa para manter a sua produtividade: internet boa, salas de treinamento, salas privativas, salas de reunião, com todo o conforto e segurança para proporcionar a melhor experiência possível para você! 



Compartilhe :

Fale com um consultor