A tendência do coworking?

E a tendência do coworking? O que você acha, é mesmo uma tendência ou já é realidade?

Um modelo de trabalho em franco crescimento no Brasil e já praticado com bastante sucesso em outros países é o chamado coworking, que representa uma forma inovadora de otimizar espaço, custos, esforços e fazer negócios.

O conceito do coworking

O conceito de coworking está diretamente ligado ao que o próprio nome em inglês sugere: uma parceria, colaboração ou, ainda, um espaço de trabalho coletivo.

Assim, o termo denomina uma nova tendência que chegou para revolucionar a maneira como muitos profissionais independentes — empreendedores, freelancers, autônomos e pequenos e médios empresários, por exemplo — conduzem sua rotina de trabalho.

Conhecidos também como escritórios compartilhados, esses espaços geralmente ficam em uma boa localização, facilitando o deslocamento não só de quem trabalha lá, como também dos clientes que eventualmente tenham que fazer visitas ao local.

Além disso, podem ser alugados por hora ou ser negociados em pacotes que costumam ser bastante vantajosos para os contratantes.

Se você ainda não está totalmente a par do que o termo e o conceito significam e das vantagens oferecidas, que tal saber um pouco mais e descobrir se a novidade também se encaixa no que você procura?

Então confira agora mesmo alguns outros benefícios:

Conveniência

Aqui a vantagem é tanto para quem trabalha como para quem é cliente.

Se você ainda desenvolve seus projetos em casa, os escritórios compartilhados podem oferecer o ambiente profissional e organizado ideal para otimizar sua produtividade.

Já que terá acesso facilitado aos recursos de que precisa, além de, em geral, conseguir o devido suporte para suas tarefas em todos os níveis, sendo assim.

Quer seja no que se refere a amparo estrutural como no que diz respeito à acessibilidade de contar com funcionários a seu dispor para o desempenho dos mais diferentes tipos de funções que complementam o seu dia a dia de trabalho, como secretariado e serviço de café, por exemplo.

Custos

Ao fechar o pacote que mais atende às suas necessidades, encaixando-se perfeitamente ao que deseja, você passa a ter em mãos todas as condições de que precisa para trabalhar, podendo contar com diversas comodidades em um só lugar.

Dessa maneira, você economiza ao não ter que pagar serviços de atendentes à parte ou de internet, telefone, água, luz, limpeza e até segurança, por exemplo.

Procurar um local para alugar e ainda ter que arcar com todas as despesas para fazer um escritório funcionar adequadamente é uma dificuldade que muitos profissionais encontram logo de início, mas que pode ser facilmente driblada com essa alternativa.

Praticidade

O modelo coworking é capaz de reduzir não só os gastos gerais, como também as preocupações que se tem com cada detalhe do seu local de trabalho.

Por meio desse modelo de escritório, você não precisa pensar em todos os detalhes, preocupando-se em deixar tudo da melhor forma possível para que seus clientes não se decepcionem em suas visitas ou contatos.

Nos escritórios compartilhados, você apenas paga pelo serviço e a empresa, então, disponibiliza todas as facilidades correspondentes, encarregando-se de todo o restante por você. Simples e fácil, não é verdade?

Infraestrutura

Além de poder ter uma mesa ou sala exclusiva para você  e seu negócio — no caso de empresas —, ao apostar no sistema coworking é possível contar com uma ampla estrutura para tudo que possa ser necessário no desempenho de suas atividades, indo desde serviço de copa a recursos tecnológicos, telefonia, internet e recepção, por exemplo.

Coworking | Networking

Ao compartilhar o espaço com outros profissionais e empresas das mais diversas áreas, você passa a interagir com um número muito maior de pessoas.

Sendo assim, inevitavelmente fazendo vários contatos, o que, muitas vezes, pode facilitar seu trabalho de prospecção.

Afinal, expandir seu networking é essencial!

Adequação

Essa é outra preocupação recorrente de muitos profissionais que passa a ser facilmente solucionada com a opção por um ambiente de coworking.

Há quem se sinta verdadeiramente perdido quando, de repente, tem que marcar um encontro com um cliente importante e percebe, aí, que não dispõe de um espaço adequado para recebê-lo.

Em um escritório compartilhado, você pode fazer uso de salas de reuniões sofisticadas, super equipadas e confortáveis.

Conta, além disso, com um completo serviço de copa para melhor atender às expectativas do evento a ali realizado.

Profissionalismo

Utilizar um espaço físico compartilhado e usufruir de uma estrutura adequada para o trabalho é, sem dúvida, uma ótima forma de receber melhor seus clientes, passando uma imagem favorável da atividade que você desenvolve e da sua condição de trabalho.

Com isso, os serviços por você prestados automaticamente ganham mais credibilidade e melhores ares de profissionalismo, o que também pode aumentar sua produtividade e motivação.

Além disso, pode-se resolver, também, o dilema de encontrar um endereço corporativo para incluir em seus contratos, cartões de visita e materiais institucionais, o que com certeza ajudará grandemente na percepção positiva de seus clientes sobre seus serviços!

Atrair novos membros é a prioridade máxima dos coworkings

Por causa disso, aumentar as instalações foram tarefas administrativas dos escritórios compartilhados nas últimas pesquisas sobre a tendencia do coworking.

Vale lembrar que o número de espaços pequenos, com menos de 10 membros caiu de 23% para 12%.

Enquanto, os escritórios compartilhados com mais de 150 coworkers representam um em cada cinco.

Melhor para o networking e colaboração entre os seus membros.

Novos coworkings, novos membros

Cada novo escritório compartilhado representa um grande potencial de novos membros.

Cada vez menos, os coworkers trabalham em seu primeiro coworking, sendo que apenas 54% não planejam trocar o espaço em que trabalham este ano.

Acredite: esse número foi muito maior.

Já aqueles membros que se dizem muito satisfeitos planejam continuar no escritório em que escolheram trabalhar.

Um sinal de que investir no seu cliente, na infraestrutura e em eventos que sejam do interesse dele é garantia de sucesso.

Funcionários de empresas estão mais otimistas que freelancers e empreendedores

Funcionários de empresas que usam o coworking para trabalhar têm uma visão mais positiva do que freelancers e empresários.

Enquanto os primeiros esperam aumento de renda, mais trabalho, contatos e lazer, o segundo grupo antecipa apenas mais tempo livre.

O comportamento dos coworkers

O número de novos coworkings caiu, enquanto o de novos membros subiu. Entretanto, o comportamento dos coworkers é bem diferente. 40% utilizam o espaço todos os dias e 30% aparecem entre três e quatro vezes por semana, sendo que os horários de trabalho são irregulares.

Tendencia em expansão do coworking

Até o fim de 2017, 14 mil coworkings estarão funcionando em todo mundo.

E ainda existe demanda para a criação de mais espaços, sendo que vários coworkings planejam expansão, inclusive, com a criação de filiais.

O DESK Coworking, por exemplo, é um dos espaços que cresceu bastante nos últimos anos. Adquirimos mais um andar do prédio em que estamos e oferecemos mais espaço para coworking, salas privativas, salas de reunião e sala de treinamento.

Os coworkings também estão explorando mais o potencial colaborativo, oferecendo mais eventos para seus membros.

Esses números revelam que o coworking é uma tendência que veio para ficar de vez, e totalmente conectada aos novos tempos.

Confira o resultado completo da pesquisa da Global Coworking Survey.

No próximo post, vamos falar como os coworkers podem aproveitar ainda mais esses espaços, e como o coworking pode colaborar com o negócio dos seus membros.

Acompanhe todas as as novidades do blog DESK Coworking, cadastre-se em nossa newsletter. É só rolar a tela para cima e inscrever seu e-mail no canto superior direito.

Compartilhe :

Fale com um consultor