Empreender: confira 6 dicas para começar

Muitas pessoas têm o desejo de tocar um negócio próprio, mas acham que empreender é algo muito impreciso, complicado e arriscado.

É evidente que qualquer empreendimento apresenta certo grau de dificuldade, mas é possível facilitar o caminho de colocar as suas ideias em prática e realizar o sonho do seu próprio negócio.

Quer algumas dicas para se afastar dos erros e chegar mais perto dos acertos na hora de começar a empreender?

Veja se tem perfil para empreender

Se você não tem as características para planejar, traçar metas e monitorá-las, delegar tarefas e avaliar a sua execução, inovar e persistir, então o empreendedorismo não é para você.

Mas é claro que esses pontos podem ser aprimorados.

Só que você deve estar disposto a encarar o desafio, e não ficar pensando que apenas ter tido uma boa ideia de negócio vai sustentá-lo.

Avalie se a sua ideia de negócio é sustentável

A principal ação a se fazer é analisar minuciosamente se a ideia de negócio que teve é possível de se aplicar no mundo real, da maneira como pensou e utilizando os métodos e recursos que você tem ou precisará desenvolver.

É importante detectar qual é a melhor solução para que um produto ou serviço seja implementado, a fim de evitar os erros e os riscos de mercado.

Uma boa forma de começar o processo é fazendo um plano de negócios.

Busque conhecimento

Conhecimento nunca é demais; aliás, é fundamental para amparar boas decisões e promover os melhores expedientes para qualquer empreendimento.

Portanto, estude em livros, faça cursos, assista a palestras e workshops.

Troque informações com especialistas, não só sobre gestão e empreendedorismo, mas principalmente acerca da atividade que espera desenvolver, e observe como foram as experiências de quem está há mais tempo no mercado.

Não desanime com os erros

A persistência é uma das palavras-chave do empreendedor.

Alguns erros iniciais são comuns de serem cometidos.

Identifique-os, corrija as falhas e enfrente os problemas utilizando novas estratégias.

Evite arrecadar recursos desnecessários

Na hora de tirar a sua ideia do papel e finalmente viabilizar o projeto, é preciso ter recursos para investir, desde a montagem da infraestrutura até a contratação de mão de obra.

Pois é nesse momento que aqueles que não têm capital inicial solicitam empréstimos em bancos e recursos de terceiros.

Pesquise bem como isso será feito, e tenha uma excelente gestão financeira, de modo que você não precise ficar preso a juros excessivos e a novos empréstimos dispensáveis no futuro.

Afaste-se do pessimismo

Quando você estiver colocando em prática sua ideia, muitas pessoas ao seu redor poderão ter inveja ou não acreditar em você.

Não dê ouvidos a críticas que não sejam técnicas, e mantenha o seu astral e a sua integridade emocional em alta.

Dependendo do caso, até se afaste das pessoas que sejam pessimistas e que queiram colocá-lo para baixo.

O novo empreendedor pode até trilhar por um caminho mais complicado do que se estivesse em um emprego público ou em grande empresa particular.

Porém a satisfação e as recompensas de ser bem-sucedido em seu próprio negócio, e ainda mais trabalhando com o que gosta, proporcionam uma sensação de bem-estar que não tem igual.

Por acaso você já pensou em começar a empreender hoje?

No DESK Coworking você faz networking, conhece investidores e especialistas para lhe orientar. Conte pra gente!


Compartilhe :

Fale com um consultor