Como abrir uma empresa de prestação de serviços?

Você sabe qual é o passo a passo de como abrir uma empresa de prestação de serviços?

Neste post, nós vamos explicar a você como funciona esse processo e qual planejamento deve ser feito antes de você abrir a sua própria empresa.

Estamos vivendo um momento complicado devido à pandemia. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de realizar um bom planejamento e evitar desperdício de recursos, como tempo e dinheiro.

Você quer saber como abrir uma empresa de prestação de serviços? 

Então, vamos lá!

1- Definição de atividade da sua empresa

O primeiro passo é definir a atividade da sua empresa, por um motivo muito simples. É através do CNAE, que define formalmente a sua atividade, que a sua empresa será tributada de forma legal.

Portanto, busque entender o que a sua empresa vai oferecer, que tipo de serviço vai prestar para que então possa encontrar o CNAE adequado para as suas atividades.

2- Como abrir uma empresa de prestação de serviços – a estrutura jurídica da empresa

O segundo passo para abrir uma empresa de prestação de serviços é definir a sua estrutura jurídica. Como assim?

Se apenas você atuará na empresa, poderá se enquadrar como Microempreendedor Individual, o MEI.

Existem vários benefícios ao se tornar MEI, e a modalidade é mais indicada para quem trabalha sozinho ou com apenas um funcionário.

Mas se a sua empresa será maior e contará com mais funcionários, há outras modalidades, como Empresário Individual, Sociedade Empresária Limitada e Sociedade Simples Limitada. 

Basicamente, a diferença entre elas é se você será o único proprietário ou se terá sócios na sua empresa. Além disso, é importante frisar que essas categorias também definem se o seu patrimônio pessoal estará ou não atrelado ao empresarial.

3- Faça o seu contrato social

Como abrir uma empresa de prestação de serviços

Se você tiver sócios na empresa, é importante elaborar um contrato social. Este documento informa como os sócios estão contribuindo para a empresa e quais são as responsabilidades de cada um.

Além disso, é preciso levar em conta que sociedades podem ser desfeitas. Este documento também prevê como será feita a divisão do patrimônio, caso isso aconteça.

O ideal é que um advogado elabore o contrato social, já que ele é cheio de regras exigidas pela nossa legislação.

4- Registre-se na junta comercial

Agora que você já definiu qual serviço será prestado, a estrutura jurídica e já elaborou o contrato social, é hora de formalizar a sua empresa. Por isso, o passo seguinte é registrá-la na Junta Comercial ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica do seu município.

Assim que a etapa for concluída, você receberá um Número de Identificação do Registro de Empresa. E com ele, poderá obter o seu CNPJ, legalizando a sua empresa.

5- CNPJ – A identidade da sua empresa

Como abrir uma empresa de prestação de serviços

Agora que você já tem o número de identificação em mãos, poderá acessar o site da Receita Federal para obter o seu CNPJ. Fique tranquilo, todo o processo é feito 100% online hoje em dia.

Você só precisará informar a atividade exercida pela empresa e dados correspondentes na hora de gerar o seu CNPJ. Ele também pode ser gerado com o uso do seu endereço fiscal!

6- Já tem o seu CNPJ? Agora, a empresa precisa do alvará

Se você já cumpriu todos os passos anteriores e já está com o CNPJ em mãos, a última etapa mais burocrática é obter o alvará de funcionamento. Afinal, se o alvará não for liberado, de nada adiantará cumprir as outras etapas, pois a sua empresa não estará legitimamente apta a atuar.

Estando com o seu registro em mãos (junto ao CNPJ) e o contrato social, será necessário solicitar o alvará na prefeitura do seu município.

Ao preencher os laudos, pode ser necessário que a sua empresa passe por uma vistoria, dependendo do segmento (alimentício é um deles).

Caso não seja necessário, se você já estiver com a inscrição municipal em mãos, pronto! Sua empresa estará pronta para começar a funcionar.

7- Como abrir uma empresa de prestação de serviços? Com um bom plano de negócios

Agora que você já passou por todas as etapas burocráticas de como abrir uma empresa de prestação de serviços, é preciso planejar.

Definir o público-alvo, a equipe interna, o produto/serviço e o planejamento financeiro são etapas fundamentais para a boa saúde da sua empresa.

Além disso, você também precisará investir em um bom plano de marketing. Definir que tipo de conteúdo será produzido, os canais de comunicação, veiculação de campanhas e parcerias é uma etapa muito importante.

Você também precisará estudar a fundo quem serão os seus fornecedores, caso esteja comercializando um produto e não um serviço. Mas deixaremos este assunto para um artigo onde falaremos especificamente sobre isso.

Como abrir uma empresa de prestação de serviços neste momento atual?

Como abrir uma empresa de prestação de serviços

Será que este é o momento ideal para abrir uma empresa? Isso só você pode dizer.

Por isso batemos na tecla da importância do planejamento. É necessário estudar a fundo o seu público, a demanda no mercado pelo que você quer oferecer e a viabilidade econômica do seu negócio.

Abrir uma empresa física é muito diferente de criar um negócio digital. No meio digital, é possível testar, testar e testar diversas possibilidades através de centenas de ferramentas que existem para isso.

Também existe a possibilidade de investir pouco dinheiro e observar os resultados. Se não der certo, é só partir para um plano B. Mas ao abrir uma empresa física, a história é outra.

Todo investimento pode custar muito caro se você não fizer um bom planejamento!

E se você acha que ainda não é hora de investir no próprio escritório, que tal iniciar a sua empresa dentro de um coworking?

Os coworkings são espaços compartilhados de trabalho, que oferecem soluções prontas com infraestrutura completa para que você possa iniciar os seus negócios sem se preocupar com burocracias e alto investimento!

Venha conhecer a Desk Coworking e as nossas soluções para a sua empresa!

Compartilhe :

Fale com um consultor