5 pontos importantes para escolher um coworking

Conheça 5 pontos importantes para escolher um coworking. Pode parecer simples, mas escolher um coworking para trabalhar não é uma tarefa fácil.

O ambiente tem que estimular a criatividade, ajudar no desempenho e, consequentemente, contribuir para a sua realização profissional.

A oferta de coworking aumentou muito nos últimos anos, o que fez com que esses escritórios compartilhados buscassem cada vez mais alternativas de forma a oferecer a melhor experiência ao usuário. O resultado?

Muita dificuldade para escolher o coworking mais adaptado às necessidades.

Se você está procurando um coworking para trabalhar ou quer testar novas opções de espaços, fique atento a alguns pontos que separamos para facilitar a sua escolha.

1. A localização do coworking é essencial

A localização prática, a facilidade de deslocamento, a proximidade de sua casa e de clientes e fornecedores é fundamental na hora de escolher o melhor co working para trabalhar.

Além disso, um local de prestígio pode acabar impressionando clientes em potencial.

A proximidade com academias, parques e praças e outras opções de lazer, como bares e restaurantes, também é outro ponto que você pode levar em conta.

Esses ambientes são ótimos para relaxar e distrair depois do almoço ou no fim do dia.

Já pensou que delícia dar uma corridinha no parque antes ou depois do expediente? Ou que tal um happy hour com os outros coworkers no fim da semana?

O DESK Coworking tem duas unidades em Belo Horizonte. Uma no bairro Santa Efigênia e outro no Luxemburgo.

2. Comunidade de coworkers

Estar rodeado de empresários bem-sucedidos, empreendedores criativos e profissionais independentes talentosos é super estimulante.

Criar uma rede de relacionamentos com quem divide o mesmo coworking com você pode ajudar na construção do seu negócio, e ainda te encoraja a trabalhar todos os dias.

Uma dica ótima nessas horas é buscar escritórios que tenham membros que atuem em áreas semelhantes às suas.

Dividir o mesmo espaço com outras pessoas também é super importante para evitar o isolamento social e a solidão que pode surgir quando se trabalha de home office.

3. Um ambiente confortável é tudo

Não adianta ter a melhor localização, os coworkers mais criativos e o design mais arrojado, se o coworking não preza pela qualidade de vida durante a jornada de trabalho dos seus usuários.

Escolha aquele escritório que tenha um clima agradável, em que as conversas e o compartilhamento de ideias ocorram de um jeito produtivo, sem fofocas, e que seja confortável e preze pela ergonomia do mobiliário e posicionamento correto dos equipamentos.

4. Comodidades para facilitar o seu trabalho

É importante encontrar um coworking que otimize ao máximo a sua experiência de trabalho: café, rápida conexão à Internet, acesso à impressoras, salas de reuniões e salas privativas, workshops e outros eventos que contribuam para o seu crescimento profissional.

As comodidades oferecidas podem ir além dos benefícios para o trabalho, e se estenderem para o lazer. J

ogos, puffs, TVs, músicas ajudam a relaxar e estimulam a criatividade.

5. Custo x Benefício do coworking

Fique de olho no custo-benefício.

Associações em espaços premium, com pacotes de acesso completo e amenidades, massagens, academias são opções interessantes, mas que podem aumentar – e muito – a mensalidade paga a uma coworking.

Priorize aquilo que de fato você precisa para obter o melhor retorno do seu investimento. Lembre-se de que um ambiente confortável e bem localizado é o mais importante nessas horas.

Faça um comparativo de investimento. Baixe agora nossa planilha e tenha certeza qual solução é a melhor para você e seu negócio.

Nós temos a certeza que é o coworking! 🙂

É sempre válido investigar os pontos importantes para escolher um coworking! Conte com a gente!

Compartilhe :

Fale com um consultor